Dicas para a limpeza do carro

Carros & Motos - 28 de maio de 2016

Sabemos que para os apaixonados por seu possante, cuidar bem e manter a limpeza do carro vão além da preocupação básica com o funcionamento e a higiene do veículo. Na maioria das vezes, esse é um momento de “curtir” o seu clássico e torná-lo ainda mais vistoso. Pensando nisso, preparamos algumas dicas que o auxiliarão a deixar o seu carro “nos trinques”, unindo o útil ao agradável.

Para que o veículo esteja sempre em ordem, o ideal é que a limpeza seja feita pelo menos uma vez por semana. Você pode utilizar diferentes produtos, conforme a intensidade da sujeira e o local a ser limpo.

Bancos de couro e estofados

Em bancos de couro utilize um pano seco (macio) para fazer a limpeza. Se o banco for claro, a sujeira fica mais aparente e provavelmente o pano seco não será suficiente. Neste caso, passe um pano úmido com um pouco de sabão líquido neutro e em seguida retire o excesso com um pano seco. Recomenda-se também fazer a hidratação dos bancos uma vez por ano com um hidratante de couro para deixá-los com a aparência original.

cuidados com seu banco de couro

Em estofado pode-se usar aspirador de pó ou, se a sujeira for mais pesada, um pano úmido com detergente, sem molhar excessivamente o banco. Você também pode “lavar” o tecido dos bancos e as paredes internas do carro com uma espuma multiuso, própria para esse tipo de limpeza, seguindo as instruções do fabricante e tendo cuidado ao esfregar os pontos de maior sujeira para não rasgar o tecido.

Apiração de Estofado

Tapetes

Para limpar os tapetes de borracha, utilize uma mangueira e lave com sabão. O jato da água ajudará a tirar a sujeira impregnada nos cantinhos. Já nos tapetes de carpete basta uma escova úmida, lembrando que carpetes demoram mais para secar, portanto não se deve usar muita água.

Limpando o tapete do seu carro
Limpando o tapete do seu carro

Painel

O painel é um local que costuma pegar muita poeira e sol, por este motivo precisa de um cuidado maior. No dia a dia, um pano úmido (que não solte fio) é suficiente para eliminar o pó e evitar o acúmulo de sujeira. Já para proteger dos raios solares e tirar o aspecto envelhecido, recomenda-se, de tempos em tempos, o uso de silicone para painel, após a limpeza com o pano. Outra dica é fazer a manutenção com mais freqüência, já que essa é uma parte mais vulnerável do carro.

Clean-Your-Dashboard

Vidros

Os vidros merecem uma atenção especial, não só por deixarem transparecer a sujeira, mas por uma questão de segurança. Geralmente na parte interna é formada uma camada de gordura, em virtude do suor, e por fora acumula poeira que, além de deixá-lo turvo, retém a água da chuva, criando poças que dificultam a visão do motorista.

Portanto, na parte externa, você pode utilizar um pano ou esponja para retirar o excesso de sujeira e depois passar um limpa vidros de sua escolha, que terá a função de impermeabilizá-lo. Mas fique atento para não deixar manchas após a aplicação. Com a utilização desse produto, a água da chuva escorrerá com mais facilidade, mantendo a segurança e uma boa aparência por mais tempo. A parte interna pode ser limpa apenas com o limpa vidros, atentando-se para eliminar completamente a gordura do local.

Limpando o vidro do seu carro

Lataria

Para limpar o carro por fora, lave com água e sabão, seque bem e lustre (depois de secar completamente) utilizando uma flanela que não solte pelo ou um pano de microfibra (vendido em lojas de auto-peças, auto-centers e supermercados). Secar o carro é importante para evitar a corrosão em longo prazo. Mas nunca passe pano para secar o carro após uma chuva, pois a poeira depositada na superfície pode riscar a pintura.

Lavando o carro com agua e sabao

Outra opção para fazer a limpeza da carroceria é a lavagem a seco, que em carros clássicos é a mais recomendada, pois o produto não apenas limpa, mas diminui o risco de corrosão.

Limpeza a seco

Nos carros antigos é importante ter um cuidado especial com a pintura, visto que sua aplicação foi há muitos anos e está mais suscetível à perda de brilho e desgaste. Portanto, utilize cera para devolver o brilho da pintura e formar uma película protetora que evita manchas, impede a oxidação e o acúmulo de água da chuva na superfície. Nunca utilize produtos como limpa-baú, desengraxante, querosene, óleo diesel ou removedores de sujeira, pois são muito fortes, retiram o verniz e comprometem o brilho do carro.

A frequência do uso da cera dependerá do tipo de cera e do grau de exposição do carro. Para saber qual o momento certo para encerar a lataria novamente, observe se a água da chuva continua escorrendo com facilidade. Se começarem a se formar pequenas poças de água, é sinal de que já está na hora de passar uma nova camada de cera. Outro sinal é a perda de brilho.

Enceramento

A cera líquida costuma ser muito prática e funcional, porém requer um prazo menor entre as aplicações. As ceras em spray e do tipo “detailer” (abrilhantadores óticos) costumam deixar a pintura com bastante brilho, mas é preciso que o carro esteja bem encerado. Se a pintura estiver muito opaca, utilize produtos mais abrasivos (à base de petróleo) para retirar a camada de sujeira. Se a pintura estiver muito deteriorada, vale a pena fazer um polimento com produtos fortes, depois proteger e lustrar a superfície (sempre em etapas separadas). Já nos cromados, em vez de usar produtos abrasivos à base de petróleo, utilize pastas de limpeza, que protegem o cromo e as partes metálicas. No caso de manchas menores ou de pinturas mais conservadas, as ceras à base de água (que são menos abrasivas), costumam ser mais fáceis de aplicar e apresentam melhor resultado. Essa aplicação deve ser feita com estopa de algodão ou aplicador de espuma, peça por peça, em movimentos circulares, com a carroceria limpa, fria e posicionada à sombra.

encerando seu carro antigo

Os detalhes e as partes mais delicadas do carro não devem ter contato com produtos de limpeza e cera, então isole frisos, emblemas metálicos e de borracha com uma fita crepe para protegê-los.

Da mesma forma, é preciso ter cuidado ao lavar o carro com água, para não molhar o motor com o jato, pois em algumas partes, como no filtro de ar, não pode haver entrada de água.

Rodas

As rodas e pneus, assim como as grades e os locais de sujeira mais pesada, devem ser lavados com esponjas, utilizando água e sabão. Como os pneus sofrem maior desgaste, convém também utilizar produtos como o pretinho. Além de limpar, esses produtos dão brilho e devolvem a aparência de novo ao pneu. Porém observe a praticidade na aplicação, a fixação na borracha e a durabilidade do produto.

limpando as rodas do seu carro

Produtos para limpeza do carro

Ao definir os produtos que serão utilizados na limpeza do carro, verifique as especificações e fique atento aos resultados de sua utilização. Existem diversos produtos de qualidade no mercado, mas seja criterioso em sua escolha.

Esses pequenos cuidados contribuem para manter a beleza e a “saúde” do veículo e, consequentemente, são determinantes para a valorização do seu carro clássico.

Murillo Cerchiari

Hoje trabalho com o que eu mais gosto e me dedico inteiramente a realizar sonhos desses apaixonados por carros clássicos.

Receba carros antigos e novidades no seu email.